terça-feira, fevereiro 28, 2006

Sessao ativista

é o nome do documentário que Cris Paine - conhecido meu - dirigiu e produziu. O filme foi destaque no Sundance e o diretor passou anos captando imagens e fazendo entrevistas que mostram como o governo americano dificulta a produção de carros elétricos e como a GM acabou com um modelo de carro que era considerado ideal pro consumo - o EV1 - mas nada ideal pra indústria automobilística.
Anos mais tarde, o governo resolve subsidiar pesquisa de meios alternativos de energia. Santa hipocrisia!
Ainda não consegui assistir mas não vejo a hora.

5 comentários:

  1. Também quero assistir. Junto com o documentário sobre o caso Enron. Porém, quem está matando esse carro é próprio consumidor americano, com esse apetite por carros monstruosos. Gosto muito daqui, mas essa bobagem de dirigir esses tanques por aí eu não entenderei nunca.

    []s

    ResponderExcluir
  2. Fernando, concordo completamente com você. Já falamos sobre isso mas vem muito brasileiro pra cá que fica deslumbrado com o poder aquisitivo e quer comprar carro grande a começar pelo meu amigo da faculdade que está passando um tempo aqui em casa. Quando falamos sobre isso, ele veio com a aquele velho argumento: eco-chata.

    ResponderExcluir
  3. E o Hummer então? Não tem carro pior.
    Mas não é bem assim, o Prius teve lista de espera por muito tempo. Mesmo sendo caro. A demanda era maior que a produção.

    ResponderExcluir
  4. Eu sinto saudade do metrô de Washington DC. Não usei muito, mas achava legal. Sinto saudades do metrô de Londres, que usei bastante. Eu sei que transporte público enche o saco na hora do rush, leva mais tempo e nem sempre é conveniente/econômico. Infelizmente, aqui em San Antonio sequer é uma alternativa viável, pois é inexistente.

    []s

    ResponderExcluir
  5. Megui, imagino que você anda super ocupada, mas não gostaria de participar da nossa blogagem coletiva pro Dia Internacional da Mulher, amanhã, não?

    Beijocas!

    ResponderExcluir